13.6.16

‘Lei da mordaça': prefeito que recebia Bolsa Família ameaça servidores

Imagem: ReproduçãoO prefeito Antenor Santa Rosa (PT), de Padre Carvalho, em Minas Gerais, em comunicado oficial, proibiu os servidores, no horário de trabalho ou fora dele, além dos cidadãos, a formarem grupinhos nas áreas da prefeitura para discutir “assuntos políticos partidários, ou de forma isolada emitirem ou expressarem suas opiniões”. A denúncia do absurdo foi feita pela coluna de Ancelmo Gois no site ‘O Globo’.
Segundo o colunista, o comunicado foi distribuído pela Secretaria de Administração, que é comandada por Suely Santa Rosa de Morais, filha do prefeito. Ano passado ela se envolveu num escândalo. É que, junto com uma tia, ela recebia o benefício do Bolsa Família. Os pagamentos a ela, segundo o Portal da Transparência, foram feitos entre 2013 e 2015 e somam quase R$ 3,5 mil.
Leia o comunicado abaixo:
Imagem: Reprodução

Fontes:Verdade Gospel e G1.
Postar um comentário