13.10.16

UNISUAM e ADVEC juntos pela educação

http://apl.unisuam.edu.br/portal/modules.php?name=News&site=2&file=article&sid=900

UNISUAM e ADVEC juntos pela educação

A UNISUAM assinará um convênio de Cooperação Técnico-Científica com o grupo do Líder Religioso Silas Malafaia, da Assembléia de Deus Vitória em Cristo (ADVEC), na próxima terça-feira, dia 17/07.

Uma das vantagens do convênio consiste em oferecer bolsas de estudo para os fiéis/conveniados do grupo ADVEC. As porcentagens são de 50% de desconto para Graduação e 20% para Pós-Graduação. Outros benefícios dessa parceria serão anunciados em breve e servirão como incentivo educacional para quem deseja garantir um futuro profissional de sucesso.


Fonte: Portal Unisuam

‘Saudade': filho de Eyshila lança videoclipe em homenagem ao irmão

Imagem: Reprodução/Vídeo Youtube
A família faz participação especial no vídeo em homenagem a Matheus
Lucas Oliveira, filho da cantora gospel Eyshila, divulgou nesta segunda-feira (10), o videoclipe da música “Saudade” feita em homenagem ao irmão Matheus Oliveira, que faleceu no dia 14 de junho deste ano, aos 17 anos. O lançamento da gravação chega poucos meses após a própria Eyshila ter anunciado que o filho faria uma canção para lembrar o irmão que havia morrido.
“Gente, saiu o clipe do Lucas. #Saudade”, escreveu Eyshila, em uma rede social, ao postar o link do videoclipe de Lucas.
Confira a gravação acima, que traz imagens do cantor ao lado da mãe, do pai, o pastor Odilon, e do irmão Matheus.


Fonte: Verdade Gospel.

3.10.16

Fotos e vídeo: Culto em ação de graça pela vida do Pr. Silas Malafaia; confira!

Mais de 5.000 pessoas louvarem a Deus em comunhão por mais uma ano de vida do Pr. Silas Malafaia, líder da Advec
Imagem: Advec
O pregador da noite foi o Pr. Jackson Antonio, presidente da Cathedral Revival Church Ministries
Na noite desta terça-feira (13), aconteceu um culto especial em ação de graças pela vida do Pr. Silas Malafaia, na sede da Assembleia de Deus Vitória em Cristo (Advec) na Penha, no Rio e Janeiro. Com o templo lotado, cerca de 5.000 pessoas entre membros, amigos e familiares puderam agradecer a Deus pela vida do pastor Silas, que completa 58 anos nesta quarta-feira (14).
Os momentos de adoração musical foram conduzidos pelo ministério de louvor local. A ministração da Palavra de Deus ficou na responsabilidade do pastor Jackson Antonio, presidente daCathedral Revival Church Ministries, na Inglaterra, que baseou a sua pregação no texto bíblico de Mateus 14:24-33.
O momento de celebração foi encerrado pelo pastor Silas, que agradeceu a presença dos pastores amigos, da família e da igreja.
Palavras de gratidão, proféticas e de semeadura em fé
“Eu tenho dito a igreja que a coisa mais importante na vida de um pastor é você olhar para a vida dele, em todos os aspectos, porém com destaque para a sua fé. Por isso, eu concordo com todas as palavras proféticas ditas aqui, em nome de Jesus! Pois o ato de fé é registrado no céu.
Eu disse para a igreja no final do ano duas coisas. A primeira foi, que os últimos 12 anos, o ano de 2015 foi o mais difícil na minha vida, financeiramente falando. No entanto, foi o ano que eu mais semeie em toda a minha vida. Eu entreguei alguns patrimônios meus, como oferta, para os projetos dessa igreja. Quando chegamos em 2016, no mês de março, voltei a falar com a igreja que as coisas continuavam difíceis. A Leia da Semeadura não é instantânea, porque quando a bíblia fala sobre isso ela nos mostra que cada semente tem o seu tempo.
Estamos em meio a muitas obras e reformas, porém, o céu não está em crise, Deus não está em Crise, e nós passamos pelas crise e vencemos. E eu tenho ensinado que não tem hora melhor para semear do que em momentos de crise e de sufoco! A Bíblia está recheada de exemplos.
Deus é capaz de fazer tudo, mais, abundante, além do que pedimos ou pensamos. E tudo o que podemos pensar sobre nossas vidas e famílias, Deus está na frente. Assim, tudo o que recebi nesta noite eu quero transferir para essa igreja. Tenho certeza de que Deus permitirá que vocês vivam para ver, que por causa desse semeadura e das palavras proféticas ditas aqui você verá isso na sua vida!
E porque estou liberando para a igreja, o que seria importante para mim em meio a uma crise muito grande, vocês também verão o que  Jeová fará na minha vida. Então, deixo aqui o registro da minha gratidão a toda a liberalidade desse povo abençoado!”, disse o pastor Silas Malafaia.


prs-amigos

foto-1
foto-2
foto-3
foto-4
foto-5
img_3989
img_3903
img_3951
img_3983
foto-8



Lei ‘antidiscriminação’ pode forçar igrejas a terem banheiros transgêneros

Projeto antidiscriminação não menciona templos, mas procuradora diz que por serem locais públicos terão que seguir as regras
Projeto antidiscriminação não menciona templos, mas procuradora diz que por serem locais públicos terão que seguir as regras
As igrejas do estado de Massachusetts, nos EUA, estão preocupadas com uma nova lei “antidiscriminação” que poderá forçar espaços religiosos a acomodar transgêneros. Quem desobedecer poderá enfrentar multas ou até prisão.
Embora o texto da lei, que entra em vigor em outubro, não mencione especificamente igrejas nem outros tipos de templos, a procuradora-geral do estado, tem um ponto de vista diferente.
Maura Healey, juntamente com a comissão do governo designado para cumprir a referida lei, entende que os locais de culto se enquadram na categoria “outros locais de reunião pública” e estariam sujeitos às mesmas exigências que “auditórios, centros de convenções e salas de aula”, conforme prevê a lei.
A Comissão Contra a Discriminação de Massachusetts, reforça essa interpretação no documento. Segundo o material divulgado por ela: “Todas as pessoas, independentemente da identidade de gênero, terão o pleno direito de acesso a acomodações, vantagens, facilidades e privilégios em qualquer espaço público… Até mesmo uma igreja pode ser vista como um lugar de acomodação pública quando está aberta ao público”.
Começou com os banheiros
Simbolo de banheiro trangênero já foi alvo de muitos protestos nos EUA
Simbolo de banheiro transgênero já foi alvo de muitos protestos nos EUA
Nos Estados Unidos existe um amplo debate sobre a obrigação de se implantar banheiros “neutros”, onde o critério de uso não é o sexo de nascimento, mas a “identidade de gênero”.
Ou seja, qualquer pessoa pode escolher qual deseja usar, segundo seus próprios critérios. Grandes cadeias de lojas estão adotando esta prática, mas têm enfrentado resistência de parte da população que considera abusivo que um homem (travesti, por exemplo) tenha acesso ao mesmo banheiro que as meninas.
Em julho, o governador de Massachusetts, Charlie Baker assinou a lei SB 2407 que, entre outras coisas, permite que os homens transexuais usem banheiros femininos em locais públicos e obriga os empregadores a registrar os “nomes sociais” dos seus empregados.
Desde então, cristãos buscam assinaturas para que ela seja revogada.
Andrew Beckwith, presidente do Instituto das Famílias de Massachusetts, disse ao ‘The Christian Post’ que ele considerava a lei “uma ameaça a vários direitos constitucionais”, que viola “a segurança de mulheres e crianças da comunidade”.
Beckwith acredita que “apenas por pendurar um aviso que diz: ‘Este banheiro é só para mulheres biológicas’ o pastor da igreja pode pegar até 30 dias de prisão”.
Ele vai além, defendendo que as igrejas poderão ser forçadas a ter esses banheiros e, ao mesmo tempo, proibidas de falar sobre o comportamento transgênero como “pecado” ou “errado”. “Isso viola os direitos de livre exercício da religião, liberdade de expressão e liberdade de associação”, ressalta.
Beckwith explicou que já reuniu assinaturas o suficiente para que a lei seja posta em referendo, com a população podendo decidir se ela entrará ou não em vigor. Caso consiga entrar com o registro, um plebiscito será feito no estado no próximo período eleitoral, em 2018.
Contudo, eles temem que a pressão seja cada vez maior, uma vez que já existe uma lei federal nesse sentido, criada pelo governo Barack Obama e que deverá ser ampliada caso Hilary Clinton vença a eleição este ano.

Fonte: Verdade Gospel Gospel Prime