22.6.16

PT paga multa de mais de R$ 30 mil por uso indevido do fundo partidário

Imagem: Reprodução
Justiça Eleitoral identificou em 2005 R$ 11 mil usados para pagar contas telefônicas e bebidas alcoólicas
O Partido dos Trabalhadores (PT) pagou no final do ano passado R$ 35,7 mil a Justiça Eleitoral por uma penalidade referente ao ano de 2005, quando o partido teve suas contas rejeitadas.
Segundo nota da coluna Expresso no site da ‘Época’, o Tribunal Superior Eleitoral identificou mais de R$ 11 mil reais – em valores na época – do fundo partidário usados irregularmente para pagar contas de telefone particulares, multas de trânsito e bebidas alcoólicas.
E tem mais…
Após perder todos os recursos que apresentou ao TSE para reverter uma decisão de 2015 que suspendia a transferência de recursos do fundo partidário, o PT corre o risco de ficar três meses sem receber os valores. As informações são da jornalista Mônica Bergamo, colunista do jornal ‘Folha de S. Paulo’.
A condenação se deve ao uso de recursos do fundo em 2009 para o pagamento de empréstimo tomado no Banco Rural seis anos antes, caso que deságua no escândalo do mensalão.
O caso ainda cabe recurso no Supremo Tribunal Federal, o que pode protelar a condenação e permitir que o partido continue a receber R$ 7,9 milhões por mês do fundo. Os recursos podem chegar a R$ 23,7 milhões, o que em ano eleitoral é imprescindível.
Fontes: Verdade Gospel e Época Folha de S. Paulo.
Postar um comentário