18.12.12

Teólogo avalia seita que tatuou 666 em testa de idosa


Teólogo avalia seita que tatuou 666

 em testa de idosa

Senhora de 84 anos diz que achou símbolo bonito e harmonioso; polícia investiga
  •  
O teólogo Rubens Teixeira avaliou a seita que tatuou os números 666 
na testa e na mão direita de dona Nina de 84 anos, moradora de Guapimirim, 
na Baixada Fluminense. A história foi veiculada pela Rede Record na semana passada.
Para ele, a seita Crescendo em Graça, fundada pelo
 porto-riquenho José Luis de Jesús Miranda, de 61 anos, 
que se denomina Jesus Cristo Homem, parece uma igreja.
- A seita mistura muitas coisas e tenta construir
 a partir daí um ensinamento e uma nova igreja.
Resgatada de casa pela polícia após denúncias de maus tratos,
a idosa afirma que aceitou tatuar os números porque
achou “bonito” e "harmonioso" e negou ter sido forçada a se converter
à seita religiosa que utiliza a combinação como símbolo do filho de Deus.
- Achei bonito, harmonioso. Fazia propaganda da 666.
As pessoas ficam doidas. Ou então [dizem] ‘ah é muito bonito,
a senhora foi corajosa’. Varia muito [a reação das pessoas].
Assista ao vídeo:
Fonte: R7 Notícias
Postar um comentário